Um ano sem magistrado: OAB-ES protesta contra falta de juiz em Guaçuí


A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Espírito Santo (OAB-ES), em parceria com a Subseção de Guaçuí, realiza nesta quinta-feira (01) às 14 horas, um protesto em frente ao fórum da cidade contra a ausência de magistrado titular na Comarca. Para marcar o período de um ano sem juiz em Guaçuí, um bolo será levado para o Fórum e repartido com os presentes.

De acordo com o presidente da Seccional da Ordem no Espírito Santo, Homero Mafra, o protesto em frente ao Fórum de Guaçuí será um verdadeiro ato de desagravo a advocacia do Caparaó. “Todas as Comarcas da Subseção estão sem juiz. Uma cidade sem juiz é uma cidade sem democracia. Esse ato não é só da advocacia, mas da cidadania de toda a região”, disse.

Veja também: 
Subseção de Guaçuí sofre com acúmulo de processos em tramitação na Justiça

Presidente da Subseção de Guaçuí, Luiz Bernard Sardenberg Moulin, esclarece que o ato de protesto não é contra os magistrados substitutos que atuam nas Comarcas do Caparaó, mas sim contra a falta de solução do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) para a ausência de juiz titular na região.

keyboard_arrow_up