TRF2 lança oficialmente o sistema e-Proc em Vitória

Na solenidade de lançamento, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Espírito Santo (OAB-ES), esteve representada pelo diretor tesoureiro e presidente da Comissão Especial de Relações Internacionais, Giulio Cesare Imbroisi.
Na solenidade de lançamento, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Espírito Santo (OAB-ES), esteve representada pelo diretor tesoureiro e presidente da Comissão Especial de Relações Internacionais, Giulio Cesare Imbroisi.

A troca no sistema de processo eletrônico da Justiça do Espírito Santo, que passará do sistema Apolo para o sistema de processo eletrônico e-Proc, foi implantada na última sexta-feira (23). Em sessão solene, o presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), desembargador federal André Fontes, estabeleceu a data inicial de funcionamento do sistema e-Proc para as ações de competência dos Juizados Especiais Federais da Subseção Judiciária de Vitória/ES e das Turmas Recursais da Seção Judiciária do Espírito Santo.

Na solenidade de lançamento, representando a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Espírito Santo (OAB-ES), esteve o diretor tesoureiro e presidente da Comissão Especial de Relações Internacionais, Giulio Cesare Imbroisi, e a presidente da Comissão de Tecnologia e Informação, Dyna Hoffmann.

Por enquanto, o sistema e-Proc ficará restrito às ações do Juizados Especiais. Segundo a presidente da Comissão de Tecnologia e Informação, Dyna Hoffmann, a OAB- ES irá contribuir com a capacitação da advocacia, auxiliando a Justiça Federal com vídeo-aulas na OAB TV e treinamentos sobre utilização do e-Proc. As datas dos treinamentos ainda serão definidas.

Dyna Hoffmann explicou que a OAB-ES vai ampliar o treinamento oferecido pela Justiça Federal. “Vamos trabalhar com os multiplicadores e gravar vídeo-aulas para que a advocacia que atua no interior também receba a capacitação”.

Segundo o cronograma da TRF2, as mudanças começam pelos Juizados, depois passam pelas Turmas Recursais e posteriormente avançam para as demais varas. Além de André Fontes, a mesa da solenidade foi prestigiada pela corregedora regional da Justiça Federal da 2ª Região, desembargadora federal Nizete Lobato do Carmo, pelo coordenador dos Juizados Especiais Federais do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, desembargador federal Aluísio Mendes, pelo corregedor geral da Justiça Estadual do Espírito Santo, desembargador Samuel Meira Brasil Junior, pelo juiz federal Sérgio Renato Tejada Garcia (que representou o presidente do TRF4, com sede em Porto Alegre, desembargador federal Eduardo Thompson Flores Lenz), e pela diretora do Foro da Seção Judiciária do Espírito Santo, juíza federal Cristiane Chmatalik.

keyboard_arrow_up