Retrospectiva 2015: Allemand toma posse no Conselho Nacional de Justiça

Depois de cumprir três mandatos de conselheiro federal pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Espírito Santo (OAB-ES), o advogado Luiz Claudio Allemand foi nomeado conselheiro do Conselho Nacional de Justiça no mês de agosto.

“Minha atuação no CNJ será pautada pelas bandeiras históricas da advocacia, em especial o Processo Judicial Eletrônico, buscando sempre melhorias no sistema, que tem de ser bom para todos. Sinto-me honrado por ter sido indicado pela OAB para a vaga no CNJ, órgão que já demonstrou inúmeras vezes ser de extrema importância para o país”, afirmou Allemand.

Allemand presidiu a Comissão Especial de Direito da Tecnologia da Informação do Conselho Federal e a Comissão Especial de Transparência e Acesso à Informação. É autor de “Direito Tributário: questões atuais”, “A Tributação do Mínimo Existencial” e da obra “Processo Judicial Eletrônico – PJe”, que trata da nova configuração do Poder Judiciário com o advento da informatização do processo. Publicou, ainda, vários artigos em jornais e revistas especializadas e proferiu palestras em eventos científicos sobre a implantação do PJe no âmbito da Justiça do Trabalho, realizadas pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho.

keyboard_arrow_up