Prisão do presidente do Conselho de Direitos Humanos pode ser imotivada e OAB acompanha o caso

A OAB-ES, por meio da sua Comissão de Direitos Humanos (CDH), está acompanhando o caso do presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos (CEDH), Isaías Santana, preso na manhã desta quarta-feira (27), pelo suposto não cumprimento de pagamento de pensão alimentícia.

O presidente da CDH, André Luiz Moreira, esteve no início desta tarde no complexo penitenciário de Novo Horizonte, na Serra, para verificar as condições a cerca da detenção e para conversar com Santana. De acordo com o presidente do CEDH, o pagamento da pensão estava sendo realizado regularmente e que problemas relacionados à questões anteriores já foram solucionadas.

Segundo o presidente da CDH da Seccional, André Moreira, "trata-se de um caso particular que está sendo acompanhado no sentido de verificar se não há a possibilidade de uma tentativa de desestabilizar a atuação do Conselho de Direitos Humanos no Estado, já que o pedido de prisão não foi requerido pela família de Isaías. A Seccional vai prestar todo apoio necessário à CEDH para que o caso seja averiguado", ressaltou Moreira.

Produzido pela Assessoria de Comunicação da OAB-ES

Mais Informações: Raquel Salaroli e Ana Glaucia Chuina (telefone:3232-5608)

keyboard_arrow_up