Advocacia Criminal

OAB-ES realiza vistorias em salas e parlatórios de unidades prisionais



Buscando oferecer melhores condições de trabalho e mais qualidade para os advogados e as advogadas criminalistas capixabas, a OAB-ES realizou, na manhã desta sexta-feira (22/01), vistoria nas estruturas das salas de apoio e parlatórios na Penitenciária de Segurança Máxima 1 (PSMA1) e no Centro de Detenção Provisória de Viana (CDPV), ambos sediados no Complexo Penitenciário de Viana (ES).

A Ordem foi representada pela vice-presidente Anabela Galvão. Também estiveram presentes a advogada da OAB-ES, Genaína Vasconcellos, o secretário-geral da Comissão de Advocacia Criminal e Política Penitenciária, Ian Alves, e o advogado criminalista militante, Hilton Miranda Rocha.

Na Penitenciária de Segurança Máxima 1 (PSMA1), os representantes da OAB-ES foram recebidos pelo diretor Pablo Pereira de Souza. Eles visitaram todo o Complexo e vistoriaram a sala de apoio inaugurada pela OAB-ES, além dos parlatórios utilizados diariamente pelos advogados para atendimento aos internos, visando criar mais infraestrutura nesses espaços.

Já no Centro de Detenção Provisória de Viana (CDPV), os representantes da OAB-ES foram recebidos pelo diretor Bruno Brandão. Foram feitas inspeções nos dois parlatórios da advocacia e na sala de custódia, onde estão sendo realizadas as audiências virtuais. O objetivo é que sejam feitas adaptações em todo o ambiente.

A vice-presidente da OAB-ES, Anabela Galvão, falou sobre a ação. “A Ordem se faz presente e está ao lado da advocacia criminal capixaba fazendo o que puder para atender os pleitos da classe. Foi possível dialogar sobre a realidade específica de cada uma dessas unidades prisionais, no que tange a estrutura e a atuação, e sobre o aprimoramento no atendimento à advocacia. Agradecemos aos diretores Pablo Pereira de Souza e Bruno Brandão que nos receberam de maneira muito respeitosa", afirmou .

“Melhorar as condições nos parlatórios das unidades prisionais é contribuir para uma maior qualidade nas condições de trabalho dos advogados e advogadas. Neste momento de pandemia, nossa meta é ampliar também os cuidados das medidas sanitárias nos parlatórios e salas. Estão programadas mais visitas técnicas em outras unidades prisionais do Estado”, disse, ainda, Anabela Galvão.
keyboard_arrow_up