OAB-ES inaugura novas salas para a advocacia em Ibatiba e Rio Novo

A OAB-ES investe na advocacia que atua no interior do Estado. Foto: Divulgação.
A OAB-ES investe na advocacia que atua no interior do Estado. Foto: Divulgação.

A próxima semana será marcada por mais uma conquista da advocacia capixaba com a inauguração de duas novas instalações em Ibatiba e Rio Novo do Sul. As salas de apoio para advogados e advogadas das duas cidades contarão com computadores ligados à internet, impressora, mesas para reunião e até um miniauditório em Rio Novo.

A realização é resultado do grande esforço empenhado pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Espírito Santo (OAB-ES) e pelas Subseções de Iúna e Itapemirim.

Em Ibatiba, a inauguração do novo espaço da advocacia será às 17 horas, no Fórum da cidade, da próxima terça-feira (19). O local terá dois computadores ligados à internet, impressora e mesa grande para reuniões. “A advocacia da região vai ficar satisfeita com o novo espaço, que certamente vai contribuir muito para o dia a dia dos advogados e advogadas”, declarou o presidente da Subseção, Andre Miranda Viçosa.

Já em Rio Novo do Sul, a sala será inaugurada às 10 horas da próxima quarta-feira (20), ao lado do Fórum Municipal. A sala de apoio está dividida em dois espaços para a advocacia. O primeiro ambiente está mobiliado com ar-condicionado; dois computadores; uma impressora e mesa e cadeiras. O segundo ambiente, destinado à capacitação dos advogados, está mobiliada com ar-condicionado; TV de 55'; 20 cadeiras e antena da AASP para transmissão de cursos telepresenciais. Os dois ambientes são dotados de internet WiFi.

Segundo o presidente da subseção de Itapemirim, Cândido Louzada, a sala será de grande ajuda para a advocacia. “É uma reivindicação da advocacia de Rio Novo do Sul, que não usufrui do espaço dentro do prédio do Fórum para o desenvolvimento de práticas da advocacia tida como 'urgentes'. Agora, a cidade contará com um espaço muito bem localizado e estruturado para apoio a advocacia local e também daqueles colegas advogados que militam na Comarca”, explicou.

Esta é mais uma etapa vitoriosa do projeto de interiorização da Ordem, proporcionando à advocacia de todo o Espírito Santo instrumentos e ferramentas apropriados para desempenho do dia a dia da profissão.

keyboard_arrow_up