OAB-ES estrutura subseção de Linhares com salas de apoio e ampliação da sede

Obras em estágio avançado na Subseção de Linhares. Foto: Divulgação.
Obras em estágio avançado na Subseção de Linhares. Foto: Divulgação.
A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Espírito Santo (OAB-ES), reforça a estrutura da subseção de Linhares com salas de apoio e ampliação da sede. As obras devem ser concluídas nos próximos meses. A sede receberá um novo pavimento com quatro escritórios coletivos, além de um auditório para 100 pessoas e sala de estudos com mini biblioteca.

O local será totalmente acessível para pessoas com deficiência física. Secretária-adjunta da OAB-ES, Erica Neves foi conferir o andamento das obras nessa quarta-feira (18).

Obras de ampliação da Subseção de Linhares da OAB-ES. Foto: Divulgação.


Também neste ano a Ordem conseguiu novos espaços para a advocacia na Justiça Federal do município e na Penitenciária Regional, além de melhorar a estrutura da Justiça do Trabalho da cidade. Os locais contam com computadores, impressoras, scanners e internet. Na sala do Fórum de Linhares a Ordem trocou os dois computadores e instalou internet com fibra ótica para evitar quedas de sinal.

Sala de Apoio na Justiça Federal de Linhares equipada com computadores e impressoras. Foto: Divulgação.


A ampliação da estrutura passou também pela cidade de Rio Bananal. Na sala de apoio da advocacia no Fórum municipal, foi instalado instalado um novo computador com internet, impressora laser e um scanner de alta resolução. 

Sala de apoio dos advogados no fórum de Rio Bananal. Foto: Divulgação.


Para o presidente da Subseção, Rodrigo Dadalto, a ampliação da sede contribuirá de forma significativa para o trabalho da advocacia da região. “Vai oferecer melhores condições de atuação dos advogados, principalmente daqueles que não têm escritório próprio. A sede completa 10 anos em novembro e muitos novos profissionais entraram no mercado nesse período, o que demandou nova estrutura”, declarou.

Sala de Apoio da Advocacia na Justiça do Trabalho de Linhares. Foto: Divulgação.


Rodrigo Dadalto comemorou ainda a reestruturação das salas de apoio das Justiças Federal, do Trabalho e Penitenciária Regional. “São cerca de 500 advogados na região. A demanda por estrutura sempre foi grande. Assim, começo a observar a satisfação da categoria. As salas de apoio ajudam até mesmo àqueles que possuem local de trabalho, uma vez que eles podem, antes das audiências, sentar em um lugar reservado com os clientes para falar sobre os processos”, explicou.


Penitenciária Regional de Linhares também passa a ter sala de apoio para a advocacia. Foto: Divulgação
keyboard_arrow_up