Laboratório Digital fortalece qualificação de advogados para lidar com PJe e ferramentas tecnológicas

A OAB-ES em conjunto com a Escola Superior de Advocacia já realizou 18 cursos de capacitação para a advocacia no novo Laboratório de Inclusão Digital instalado no 15º andar na sede da Seccional, equipado com 15 computadores. O objetivo é garantir que os participantes tenham um melhor desempenho e compreensão do conteúdo apresentado.

Com o laboratório os advogados e advogadas podem estudar a prática e a teria ao mesmo tempo nos cursos de PJe e outros. 

A advogada Juliana Elir de Castro Santos participou de dois cursos no Laboratório e afirma que ficou muito satisfeita com a dinâmica utilizada. “O fato de termos um computador para desenvolvermos o que está sendo falado é extremamente importante. Os módulos do curso de PJe me ajudaram muito para entender melhor o sistema e saber lidar com possíveis problemas que podem ocorrer. Na aula de manipulação de PDF também foi primordial ter um computador disponível”, disse a advogada.

Para o estagiário Diego Raig Dias Lima, que já manipula o PJe no dia a dia, a estratégia de separar o curso sobre o Processo Eletrônico em módulos foi bem interessante porque contribui para que todos consigam estudar de acordo com sua capacidade. “Estudar na sala com computadores fez toda a diferença porque proporcionou aos participantes a chance de visualizar o que estava sendo dito.”


O laboratório está sendo usada esta semana no novo curso sobre PJe elaborado de forma diferenciada pensando em atender todos os advogados. Desta vez as aulas serão direcionadas aos advogados na melhor idade que tem menos habilidade com o novo modelo de trabalho virtual. 

Na próxima semana, dia 04 de outubro, começa o módulo II do curso de peticionamento eletrônico destinado aos advogados com alguma habilidade com a tecnologia e que já possuem certificado digital. Ainda dá tempo de se INSCREVER.

keyboard_arrow_up