Entrega de carteiras: defesa da igualdade e atuação em prol da advocacia são enfatizados

A OAB-ES entregou 26 novas carteiras durante cerimônia na última sexta-feira (28) e o presidente da Seccional, Homero Mafra, enfatizou em seu discurso o papel da Ordem em defender o Estado Democrático de Direito, concretizando a igualdade e combatendo a discriminação, e também falou sobre o grande trabalho que toda a diretoria tem desempenhado em prol da advocacia.

“Hoje o secretário-geral da OAB-ES, Ricardo Brum, nos permite sonhar com a biblioteca digital das Revistas dos Tribunais em todas as Subseções do Espírito Santo e na sede da OAB-ES. A advocacia terá acesso a todas as obras jurídicas publicadas pela editoria Revista dos Tribunais. Desta forma a advocacia de Marilândia, Pedro Canário, Muniz Freire, Dores de Rio Preto e tantas outras cidades poderão fazer sua consulta. Isso se chama universalizar a presença da Ordem”, declarou Homero Mafra.

O presidente também falou sobre o projeto “Brigadas Pje” que está percorrendo todo o estado com capacitação e configuração dos computadores para que a advocacia capixaba consiga trabalhar com o Processo Eletrônico.

Veja mais

Brigadas PJe - caminho da OAB-ES em prol da capacitação da advocacia 

Ainda em sua fala, Homero Mafra, agradeceu aos diretores da Seccional por todo o esforço empenhado. “Eu sou somente um velho advogado cercado de brilhantes e jovens dirigentes. ”

Secretário-geral da Ordem, Ricardo Brum, paraninfo da turma, se emocionou ao citar o nome de seu pai que estava na mesa da cerimônia, acompanhando a entrega da carteira, e falou sobre o amor à profissão e o papel da Ordem na sociedade. “Tenho paixão plena e eterna por minha profissão. Me sinto extremamente confortável em ser advogado. ”

“Importante dizer sempre que nós somos protagonistas de uma sociedade democrática.  Individualmente cada um vai batalhar pelo melhor resultado do seu cliente, mas em conjunto batalhamos por algo muito maior, que é fazer com que o direito seja efetivamente respeitado, os pilares e a base de toda uma sociedade democrática são construídos a partir da batalha individual de cada um. A Ordem está aqui para defender um bem maior do que aquela ação individual que cada um vai se debruçar. Ao exigir que os direitos sejam respeitados vocês fazem com que em conjunto defendamos um país melhor e mais justo”, afirmou Ricardo Brum.

Também compuseram a mesa na solenidade a secretária-geral adjunta, Érica Neves, o diretor tesoureiro da CAAES, Ivan Neiva Neves Neto, a presidente da CEAIC, Natálya Assunção, a advogada, integrante da CEAIC, Claudia Isadora Santos Nascimento e o advogado Geraldo Elias Brum. 

Galeria de Fotos

keyboard_arrow_up