advogados com deficiência

Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência irá elaborar cadastro de advogados



A Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB-ES pretende, nos próximos meses, cadastrar todos os advogados e advogadas capixabas que tenham algum tipo de deficiência, cumprindo uma das medidas do Plano Nacional de Valorização da Advogada e do Advogado com Deficiência.

Segundo o presidente da Comissão, Paulo Reis Finamore Simoni, o objetivo é direcionar ações específicas com a finalidade de garantir o pleno exercício profissional dos Advogados e Advogadas com deficiência.

Nesta sexta-feira (1º) a Comissão realizou a primeira reunião ordinária e começou a estabelecer o formato da sua atuação visando a implementação do Plano Nacional de Valorização da advogada e do Advogado com Deficiência.

“Vamos priorizar a efetivação do cumprimento do Plano Nacional, criado pelo Provimento nº 117/2017, do Conselho Federal, e ainda cumprir o papel da OAB atendendo aos anseios da sociedade civil. Podemos atuar, inclusive, como mediadores dos conflitos existentes no dia a dia”, frisou Paulo Finamore.
keyboard_arrow_up