Comissão de Prerrogativas requer e Procuradoria de Marataízes retira cartaz que limitava acesso de advogados às dependências da Prefeitura



A partir de uma denúncia apresentada por uma advogada à Comissão de Prerrogativas, a OAB-ES interveio junto à Procuradoria Geral da Prefeitura de Marataízes e garantiu aos advogados acesso livre a todos os setores do edifício onde está instada a administração do município.

A OAB-ES foi informada pela advogada sobre um cartaz afixado na sala dos procuradores impedindo o livre acesso dos advogados nas dependências da prefeitura. 

Membros da Comissão de Prerrogativas que atuam na região Sul do Estado foram acionados e estiveram nesta quinta-feira (09) reunidos com o procurador-geral, Gedson Barreto de Victa Rodrigues. Eles deixaram claro que a restrição feita se caracteriza em violação das prerrogativas profissionais.

De acordo com um dos membros da Comissão, o advogado Welber Alberto Corrêa, o procurador atendeu prontamente a Ordem, garantindo que o cartaz seria retirado.

 

keyboard_arrow_up