Comissão de Ensino Jurídico e CEAIC promovem palestras para jovens advogados

Comissões vão atuar junto a faculdades. Foto: Reprodução.
Comissões vão atuar junto a faculdades. Foto: Reprodução.

A Comissão de Ensino Jurídico da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Espírito Santo (OAB-ES), vai promover no próximo mês de agosto uma série de palestras voltadas aos advogados em início de carreira. O objetivo é ampliar os conhecimentos dos profissionais que acabaram de ingressar na advocacia.

Os temas da primeira rodada de palestra serão “Ética na Advocacia” e “Advocacia em Início de Carreira”. As conversas serão realizadas nos dias 09 e 12 de agosto, no auditório da faculdade Estácio de Sá, em Vila Velha, às 08h30 e 19 horas, respectivamente.

Os encontros serão ministrados pelo presidente da Comissão de Ensino Jurídico, Luiz Augusto Bellini e pela presidente da Comissão Estadual de Advogados em Início em Carreira (CEAIC), Natálya Ribeiro Assunção.

Após este primeiro contato com os advogados, uma nova rodada de palestras, com os mesmos temas, será realizada em Vitória, no auditório da faculdade Multivix no dia 17 de agosto. O horário ainda será definido.

Para o presidente da Comissão de Ensino Jurídico da OAB-ES, Luiz Bellini, essas palestras “promovem a aproximação com as instituições de ensino superior do Espírito Santo, despertando nos acadêmicos em Direito um maior interesse na prática da advocacia, a fim de que a graduação não seja apenas um trampolim para o ingresso em carreiras jurídicas mediante concursos públicos, mas também releve aos futuros advogados todos os desafios e os encantos da advocacia, mostrando a eles a grandeza da Ordem dos Advogados do Brasil, a forma como se organiza e luta pelos direitos da classe, sem perder de vista a defesa da democracia, do Estado Democrático de Direito e dos direitos humanos”.

Já a presidente da CEIAC, Natálya Assunção, destaca que essa parceria com a Comissão de Ensino Jurídico faz parte do projeto ‘OAB-ES vai à faculdade’. “Esse projeto, anteriormente, recebia os alunos na sede da Ordem. Mostrávamos a estrutura para eles e falávamos do funcionamento da Seccional. Este ano fizemos a proposição para irmos a faculdade também. Assim falamos dos desafios da jovem advocacia, do trabalho da CEAIC, enfim, conseguimos englobar as práticas”, disse.

 

 

 

keyboard_arrow_up