Banestes revisa processo de pagamento de Alvarás Judiciais

Visando melhorias no atendimento aos advogados e demais clientes, o Banestes reformulou o processo de pagamento de Alvará Judicial. Essa alteração tem como objetivo a otimização do tempo do cliente, por meio da internalização de parte do processo. Antes, a presença física do beneficiário era exigida na agência bancária durante a execução de todo o procedimento. Com a reformulação, a estimativa é de que cada atendimento dure, em média, 15 minutos.

Na nova proposta, a presença física do beneficiário será requerida apenas para o procedimento de verificação da documentação pessoal e dos dados do Alvará. Caso queira usufruir do benefício, mediante a assinatura de um formulário único, o beneficiário autorizará a transferência dos valores para uma conta por ele designada, em qualquer instituição financeira, e todos os demais procedimentos acontecerão internamente, com a disponibilização dos valores na conta indicada em até dois (02) dias úteis.

Com isso, se optar pelo novo fluxo, não é necessário que o cliente permaneça na Agência. E o atendimento não mais se restringe ao horário de expediente forense, uma vez que não será necessário aguardar a confirmação do Alvará pelo Juízo responsável.

Fluxo Proposto

Atendimento durante o todo o horário de expediente bancário.

Atendimento único, sem necessidade de ida aos caixas.

Problemas eventuais não requerem, necessariamente, a presença do cliente.

 Fonte: Banestes

keyboard_arrow_up