Advogados da Comissão de Direitos Humanos da OAB-ES acompanharão o protesto desta sexta

Advogados integrantes da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção do Espírito Santo (OAB-ES) acompanharão o protesto programado para esta sexta-feira (28), com início na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). 

“É missão da Ordem defender as garantias individuais e evitar qualquer violação de direitos humanos. A Ordem não compactua com a ação das pessoas que se aproveitam da manifestação legítima, justa e pacífica da população para tirarem proveito próprio, mas mesmo esses têm direitos e esses direitos têm que ser respeitados”, afirmou o presidente da Seccional, que está de plantão e em permanente contato com os advogados da Comissão de Direitos Humanos.

Os advogados estarão divididos em dois grupos. Um seguirá a manifestação. Outro grupo, por solicitação do secretário de Estado de Segurança Pública, André Garcia, estará na área reservada pelo Governo do Estado, próximo à Terceira Ponte, para ser um centro de triagem para onde serão levadas as pessoas que porventura venham a ser detidas.

keyboard_arrow_up